;

quarta-feira, 6 de maio de 2009

O Mistério das Marcas

A criatividade é algo inexplicável. Existem milhões e milhões de pessoas que possuem a criatividade extremamente aguçada e são capazes de criar coisas surpreendentes e até mesmo irreais.
Um exemplo claro são as logomarcas de algumas empresas que suscitam parte da história, de um momento importante, do interesse de criar um estímulo ‘inconsciente’ nos clientes, entre tantos outros. Com o intuito de aproximar um pouco mais deste mundinho criativo destas grandes empresas é interessante conhecer algumas logomarcas afinal algumas, estão na cara, porém, outras são um mistério.
Apple – A maça lembra Isaac Newton; Os fundadores da empresa eram fãs dos Beatles e decidiram homenageá-los com uma "maçã", já que o nome da gravadora fundada pelos Beatles também era Apple.

Peugeot - O leão em pé é o símbolo do Franco-Condado, região de origem da montadora. A marca francesa, produtora de carros, atualmente pertencente ao Grupo PSA Peugeot.

Java - Parece erro de programação, mas JAVA é uma gíria americana para café. Java é uma linguagem de programação orientada a objeto desenvolvida na década de 90 por uma equipe de programadores liderada por James Gosling.

Nike - Não são “as asas da vitória”, mas um símbolo abstrato, escolhido em concurso. É uma empresa estadunidense considerada a maior no segmento de roupas e calçados esportivos.

Santander - A chama representa força, estabilidade e liderança. Atualmente, o Santander é o terceiro banco privado por volume de ativos (no Brasil) e o primeiro entre os bancos internacionais. A base de clientes ultrapassa 6,7 milhões.

Bozzano - É um B , mas, também representa movimento de passar creme na bochecha. A Hypermarcas S.A. é a criadora do produto. Atualmente, a empresa conta com quatro unidades de negócios: Higiene e Limpeza, Beleza e Higiene Pessoal, Alimentos, e Medicamentos, todas focadas em atender as necessidades de seus mercados e, conseqüentemente, de seus consumidores mais exigentes.

Adidas - A ” florzinha ” é na verdade um mapa-mundi dividido em 3. A empresa alemã produz equipamentos desportivos, tem o nome de seu fundador, Adolf Dassler, que começou produzindo sapatilhas nos anos 1920.

Chevrolet - Diz a lenda que o logotipo em forma de gravata borboleta foi baseado na ilustração do papel de parede de um hotel em Paris onde um dos fundadores da marca, William Durant, teria se hospedado, em 1908. Durant guardou a amostra na carteira para usá-la como símbolo da marca de automóvel que fundou em parceria com o piloto Louis Chevrolet.
Ferrari - O cavalo preto empinado sobre o fundo amarelo era usado no avião de Francesco Barraca, piloto de caça italiano morto na Primeira Guerra Mundial. A pedido da mãe de Barraca, o comendador Enzo Ferrari passou a adotar o emblema em seus carros a partir de 1923.

Mitsubishi - Um diamante de três pontas que remete à resistência e preciosidade. O símbolo veio do nome da marca: "Mitsu" significa três em japonês; "Bishi", diamante.

Nissan - A moldura azul (cor do céu e do sucesso na cultura japonesa) e um círculo vermelho ao fundo (que representam a luz do sol e a sinceridade) remetem ao provérbio "sinceridade leva ao sucesso". Nissan significa "indústria japonesa".

Volvo - O polêmico logotipo da marca sueca (hoje controlada pela Ford) é o símbolo da masculinidade. Por esse motivo já foi muito contestado por movimentos feministas na Europa.

5 comentários:

Pedro Lopes Mugarte Sobrinho disse...

Sebastião, adicionei seu blog a minha lista...
muito boa a matéria sobre os logotipos...
desde já obrigado.
American Way of Life
Pedro Lopes Mugarte Sobrinho

Nathália disse...

Realmente, a criatividade é algo incrível.

Rosangela disse...

Muito interessante...E viva a criatividade,,,

Beijos poéticos

Daniel Savio disse...

Cara, o negocio é quando tem de renovar um simbolo de uma empresa, como foi o caso da mudança do simbolo da Petrobras (o antigo lembrava um um balão, o atual é o BR), ai haja criatividade para mudar e manter a antiga idéia...

Fique com Deus, menino.
Um abraço.

André disse...

Interessante este assunto. Gostei do post.